Os poemas de Gregório
#8 Edição / literatura / poesia

Os poemas de Gregório

Resenha do livro “A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora” de Gregório Duvivier, por Santiago Perlingero.
“Gregório percorre séculos e gerações de equívocos, do soneto ao poema concreto, do verso sófico à blague. E ao longo do livro um espírito infantil percorre e dá vida, momentaneamente, às ilusões perdidas, aos cânones tão caros aos antepassados.”
Continue reading »

#7 Edição / literatura

Cenas Cariocas

“Tudo parado no Catumbi. Muita luz, muita buzina, muito carro. As motos passam, as bicicletas passam e os pedestres passam. Uma tartaruga passaria. Preferi o busão hoje. Troquei a sardinha pelo linguado no vapor. Queria o cinema na janela, o banco do fundão, mas só consegui uma cadeira amarela de idoso torcendo pra que nenhum entrasse.”

Crônicas de Carlos Meijueiro sobre 2013 Continue reading »

Entre…
#7 Edição / literatura / poesia

Entre…

“Em Noiva, Rezende investe no hibridismo do texto, e parece apontar à noção antiga de que a linguagem não é nem poesia nem prosa, mas seu intermédio. Verso, prosa, prosódia, especulações e diários de viagem são dispostos ao modo de pequenas esculturas textuais.”

Resenha do livro Noiva [Poema Performático]
de Renato Rezende. Por Guilherme Gonçalves Continue reading »

#4 Edição / literatura

Pedro Paulo, anos depois.

Pedro Paulo, anos depois

Conto de José Vianna

EU VEJO coisas piores, eu vejo coisas sem dono, eu vejo o que tudo que há, eu vejo o que não há de ser, e eu vejo o que não há de se pensar, logo, por águas baixas eu já andei, e por cima de morro eu corri, e pelas estradas velhas os carros passaram por mim, e eu olhei pelo retrovisor e vi o meu rosto suado sofrendo com o calor, e toda a atmosfera que me rodeava estava de parada, e esteve sempre assim.

Continue reading »

Hilda Hilst – Nossa! O que há com teu peru?
instantâneos / literatura

Hilda Hilst – Nossa! O que há com teu peru?

Nossa! O que há com teu peru?

Conto de Hilda Hilst

Hilda Hilst é considerada um dos maiores nomes da literatura brasileira do século XX. Poeta, cronista e ficcionista, morreu em 2004 na cidade de Campinas. “Nossa! O que há com teu peru?” é um crônica publicada, originalmente, no jornal “Correio Popular”, da cidade na qual a autora faleceu. Também integra o livro “Cascos & Carícias’, da Globo Editora.

Continue reading »

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural
#1 Edição / literatura / poesia

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural

ensaio de João Curamonge

há uma figura bem conhecida dos frequentadores de cinemas, museus e centros culturais: os poetas que oferecem suas zines pelo preço que você mesmo sugere. “poesia, jovem?”, “quer poesia?” ou, a minha preferida, “você gosta de poesia?”, são algumas das frases que esses jovens (às vezes nem tão jovens assim) usam para se aproximar dos transeuntes.

Continue reading »

#1 Edição / literatura

Mais um dia e mais um baque

Mais um dia e mais um baque

Conto de Fernando Grilo

Vinícius era viciado em heroína, não muito diferente de Rafael que era viciado em pó, não muito longe de Stephanie que era ninfomaníaca, um pouco distante de Carlos que era viciado em crack, Renata que era viciada em Tv, Francisco que era viciado em refrigerante de Cola, Humberto que consumia água raz (…)

Continue reading »