pesquise na USINA
Generic filters

instantâneos

Opinião
Com estreia em dezembro de 1964, alguns meses depois do golpe militar, o lendário show Opinião demonstra a complexidade estética e política de uma época rompida pelas trevas progresso-obscurantistas da ditadura. Em novembro do mesmo ano, Nara Leão lançava Opinião de Nara, álbum que inspirou o nome do show-manifesto dirigido por Augusto Boal.
Fantasmas
Fantasmas é o quinto filme de André Novais de Oliveira e seu primeiro na produtora Filmes de Plástico, da qual é sócio-fundador. Fundada em 2009 na cidade de Contagem-MG, a produtora realizou nos últimos anos curtas vencedores em diversos festivais.
Solidão
De 1994, é a última obra de um dos pintores mais importantes da arte brasileira. Solidão sintetiza a melancolia da sua última fase. Depois de 1980 (ano em que Iberê é acusado de matar a tiros um engenheiro no Rio de janeiro), sua poética concentra-se na figuração trágica de corpos esquálidos, refletindo as angústias do homem diante de seu lugar no mundo.
La Jetée
Um dos filmes de ficção científica mais influentes do cinema, La Jetée é um curta-metragem de 1962 realizado de forma inovadora ao utilizar apenas fotogramas. Neste foto-filme de Chris Marker, o mundo foi devastado por uma Terceira Guerra Mundial e a única saída pra humanidade desse espaço pós-apocalíptico se encontra na viagem para o passado e futuro.
Ordem de Despejo
Clássico contemporâneo do rap brasileiro, Ordem de Despejo é um álbum único, fruto da parceria de longa data entre integrantes do extinto Quinto Andar, coletivo carioca que marcou com seu estilo descontraído e inovador a cena do rap nacional na virada dos anos 2000. Os MC's do Quinto Andar, entre eles os famosos Shawlin e De Leve, ambos de Niterói, trouxeram novas questões pro gênero...
The No Smoking Orchestra – Unza Unza Time

Álbum gravado em 1999, Unza Unza Time reflete a diversidade de gêneros e instrumentos musicais que se encontram neste grupo dos balcãs. O próprio termo Unza Unza designa esta mistura de sonoridades com o toque cigano tão presente na obra do também diretor Emir Kusturica.

Beleléu, Leléu, Eu

Beleléu, Leléu, Eu é o primeiro disco de Itamar Assumpção. Acompanhado da banda Isca de Polícia, o álbum é um marco da Vanguarda Paulistana e conta com diversas composições do músico - que ficou conhecido por sua irreverência e experimentação musical.

Ricardo Miranda e Di-Glauber
Curta-metragem de Glauber Rocha, Di-Glauber foi realizado a partir da morte do pintor Di Cavalcanti quando Glauber resolveu fazer uma homenagem e filmar seu enterro. Este filme está entre os dez "filmes de cabeceira" de Ricardo Miranda, importante cineasta brasileiro.
Trago a Pessoa Amada em Três Dias

Trago a Pessoa Amada em Três Dias é um curta-metragem de 2008 de Felipe Cataldo. Ator e diretor do Rio de Janeiro, Cataldo trabalha com filmes experimentais e costuma filmar em película, fazendo inclusive processos de revelação caseiros.

Todos os Olhos

Em 1973, anos de chumbo da ditadura militar, Tom Zé lança Todos os Olhos, um álbum irreverente com uma das capas mais polêmicas da música brasileira. A ideia da capa foi do poeta concretista Décio Pignatari, que sugeriu colocar uma foto cuja imagem lembra um olho, mas que na realidade é uma bola de gude no ânus de uma modelo. A imagem tão audaciosa passou despercebida pela censura.

As Babas do Diabo

As Babas do Diabo é um conto de Julio Cortázar, um dos mais influentes escritores argentinos. Original e inovador, Cortázar se notabilizou por experimentar novas formas narrativas em suas obras.

Curumin

A faixa "Curumim" é destaque do álbum "Samambaia", de 1981, que marcou a parceria de dois dos maiores nomes da música instrumental brasileira. O projeto reuniu o notável pianista, arranjador e compositor César Camargo Mariano e o violonista de renome internacional, Hélio Delmiro.

Tarefa 1

Uma das maiores expoentes da videoarte brasileira, Letícia Parente nasceu em Salvador e começou sua produção artística na década de 1970, no Rio de Janeiro. Autora de Marca Registrada, vídeo-performance em que costura Made in Brazil na planta dos pés, a artista se coloca corporalmente na interseção da casa, suas tarefas domésticas e a violência oficial da tortura militar.

At Land

At Land é um filme mudo experimental de 1944 da atriz, diretora e teórica de cinema Maya Deren. O filme, que tem inspirações surrealistas, é uma busca recorrente da personagem de se encontrar consigo mesmo – a busca pela identidade própria – enquanto passa por diversos cenários e se encontra com outros personagens.

Kogonada e Sight and Sound

Kogonada é um cineasta conhecido pelos seus vídeos-ensaios sobre cinema. Entre os mais acessados na sua página do Vimeo estão Kubrick // One-Point Perspective e Ozu // Passageways. Ambos os ensaios focam nos planos rigidamente compostos presentes na filmografia de cada diretor.

Lifeline

Curta-metragem realizado pelo diretor espanhol Victor Erice, Lifeline faz parte do filme Ten Minutes Older (2002), um projeto inspirado no curta homônimo de Herz Frank, feito em 1978. Focando na temática do tempo, quinze diretores foram convidados para apresentar sua visão em  precisamente dez minuto.

A Página do Relâmpago Elétrico

A Página do Relâmpago Elétrico, de 1977, é o primeiro álbum solo de Beto Guedes. Cantor e compositor brasileiro, Beto Guedes fez parte do grupo de amigos que ficou conhecido como Clube da Esquina, liderado por Milton Nascimento. A maioria das músicas daquela época, presentes nos álbuns desse grupo, eram composições feitas em parcerias.

O Guru e os Guris

O Guru e os Guris é um documentário curta-metragem de 1977 sobre o fundador e coordenador do Clube de Cinema de Santos, Maurice Legeard. Escrito e dirigido por Jairo Ferreira, o filme acompanha Maurice em imagens de confrontos, que representam as ideias expostas por ele em off.

Theodorico, o Imperador do Sertão

“Theodorico, o Imperador do Sertão” é um documentário de Eduardo Coutinho de 1978, feito para o “Globo Repórter”. O programa, na época, tinha um formato mais próximo do documentário, ao invés da reportagem, permitindo à equipe (que incluía outros cineastas) maior liberdade criativa.

Sonata para Hitler

Ambientado com a música de Bach e Penderecki, Sonata para Hitler, trança uma combinação de imagens germânicas e soviéticas para criar um panorama do final da Segunda Guerra Mundial. O filme foi banido na União Soviética por ser considerado anti-comunista. Ele só foi exibido dez anos depois de terminado.

Vinil Verde

Kleber Mendonça Filho realizou diversos curtas-metragens antes de se consagrar com O Som ao Redor, seu primeiro longa de ficção. Vinil Verde é um de seus trabalhos anteriores mais interessantes, talvez por todos os tipos de surpresas que pode nos oferecer – desde a história até como ela é contada.

The Killers

O famoso conto de Ernest Hemingway, The Killers, já foi adaptado diversas vezes para o cinema, tanto em curtas como em longas metragens. Uma versão que muitos podem não conhecer tem como um dos diretores Andrei Tarkovsky.

Danças Húngaras

Lotus Combo é um trio instrumental formado no Rio de Janeiro, em 2004, por Rodrigo de Marsillac (piano), Domenico Botelho (contrabaixo) e Miguel Couto (bateria). Com uma estética que reúne elementos do jazz, da música de concerto, da MPB, do rock e do pop, em arranjos próprios.

Not I

Not I, de 1973, é um monológo escrito por Samuel Beckett. Protagonizado por apenas uma boca, conta a história de uma senhora de setenta anos que viveu uma vida melancólica e solitária depois de ter sido abandonada por seus pais. O efeito visual da peça – que conta com o palco todo escuro e apenas uma iluminação focada na boca da protagonista - junto com a ferocidade e expressão desta, é extremamente interessante.

Maioria Absoluta

Maioria Absoluta, filme de 1964 escrito e dirigido por Leon Hirszman, trata do assunto do analfabetismo e da questão agrária no interior do Brasil. Cineasta pertencente ao Cinema Novo, os filmes altamente politizados de Hirzsman - na maioria curtas e documentários - se relacionam com os problemas sociais do país.

Big Self-Portrait e outros retratos

Durante os anos 60, o artista plástico americano Chuck Close passou a utilizar uma nova técnica para pintar grandes retratos com tinta acrílica. Para reproduzir o rosto de uma pessoa com exatidão, o artista o fotografa e o revela na escala em que deseja fazer a pintura.

Senhor Cidadão

Senhor Cidadão é uma música de Tom Zé lançada originalmente no álbum Tom Zé de 1972, que depois foi relançado em 1984 com o nome de Se o Caso é Chorar. A música começa com Augusto de Campos declamando seu poema “Cidade City Cité”. Enquanto Campos trata da cidade através de suas mais diversas características, Tom Zé parte da figura do cidadão e seu instinto competitivo.

Maria Leporina

Conto do escritor carioca ganhador do Prêmio Sesc de Literatura de 2013. João Paulo Vereza mora em São Paulo e trabalha como redator publicitário. Seus contos, de histórias leves, carregam quase sempre um tom irônico.

Brasil 1500

Filho e afilhado de poetas, Manduka começou sua peregrinação de latino-americano em 1972 no Chile, com o álbum "Brasil 1500". No decorrer do caminho registrou encontros com Los Jaivas, Naná Vasconcelos e Dominguinhos. Nos anos 90 realizou o projeto Conversas Brasileiras, lançou o livro de poesias "De algo pro vinho" e no final da vida se dedicou ao seu trabalho nas artes plásticas.

The Bus

Tirinhas surrealistas sobre um senhor de meia-idade que passa seu tempo esperando, andando, ou descendo do ônibus enquanto lê seu jornal.

‘Round About Midnight

A interpretação da música de Thelonious Monk, feita por Baden Powell para o álbum de 1966 “Tristeza on Guitar”, foi levada para gravação num estúdio da televisão francesa em 1971.

Wilderness

Jim Morrison, o famoso vocalista do The Doors, apesar de sempre ter a poesia como um forte interesse, não ficou tão conhecido como poeta. Sua escrita resultou em dois livros publicados em vida.

Nossa! O que há com teu peru?

Hilda Hilst é considerada um dos maiores nomes da literatura brasileira do século XX. Poeta, cronista e ficcionista, morreu em 2004 na cidade de Campinas. “Nossa! O que há com teu peru?” é um crônica publicada, originalmente, no jornal “Correio Popular”, da cidade na qual a autora faleceu. Também integra o livro “Cascos & Carícias’, da Globo Editora.

Equinox

Não bastava o sax de John Coltrane, José James resolveu repetir tudo com palavras. A partir de um estilo já utilizado no Jazz, James desenvolve uma nova versão do clássico de Coltrane, realizando um minucioso trabalho de letra e voz, que substitui os sons do saxofone, acompanhando todas suas variações.

Rei do Passinho

Gualter Rocha, mais conhecido como Gambá, foi um dançarino de funk. Com um estilo único, ele revolucionou a forma de dançar e se tornou referência - ganhando a alcunha de o “Rei do Passinho”.

A Situação

Numa performance provocativa, o artista se propõe a repetir a mesma frase enquanto bebe 2 litros de cachaça.

O Som do Tempo
Petrus Cariry, diretor cearense, é autor do curta-metragem documental “O Som do Tempo”. Mesmo com dificuldades de arrecadar dinheiro para suas produções, o cineasta consegue fazer do seu cinema uma obra de rigoroso cuidado estético, características de quem tem como principais referências diretores russos como Tarkovsky e Sokurov.
Jammin’ the Blues
Jammin' the Blues é o único curta-metragem dirigido por Gjon Mili.  De origem albanesa, Mili foi um (des)conhecido fotógrafo da Revista LIFE e, a partir de trabalhos que freqüentemente envolviam grandes artistas, ganhou notoriedade nos EUA.
Paêbirú
No melhor estilo antropofágico, Paêbirú mistura guitarras elétricas, sons da fauna e flora brasileira, tambores e harpas, um canto para iemanjá, jazz, mitologia indígena e, acima de tudo, seres extraterrestres.
Aí Pelas Três da Tarde

“Aí pelas Três da Tarde” faz parte do livro “Menina a Caminho” de Raduan Nassar, que reúne contos escritos pelo autor ao longo de sua vida. Uma das figuras mais polêmicas da literatura brasileira, lançou apenas dois livros