cinema/instantâneos

Eduardo Coutinho – Theodorico, o Imperador do Sertão

Theodorico, o Imperador do Sertão é um documentário de Eduardo Coutinho de 1978, feito para o Globo Repórter. O programa, na época, tinha um formato mais próximo do documentário, em vez da reportagem, permitindo à equipe (que incluía outros cineastas) maior liberdade criativa.

A passagem pela Rede Globo, que durou cerca de dez anos, foi considerada por Coutinho como uma grande escola, pois foi ali que o diretor aprendeu a fazer documentários. O personagem título é um coronel potiguar, que apresenta ele mesmo sua fazenda e sua rotina. “Theodorico” se destaca da obra posterior do cineasta por ser o único filme em que ele entrevista um membro da elite, mas também possui semelhanças com os filmes seguintes, principalmente no esforço do diretor em evidenciar que aquilo é uma gravação, e também em ouvir e procurar entender o entrevistado, sem julga-lo.

Theodorico, o Imperador do Sertão
1978, 48min, cor
Direção: Eduardo Coutinho

 

…………………….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s