pesquise na USINA
Generic filters

instantâneos

Obaluayê!
Com uma proposta que mesclava diferentes instrumentos e formas de percussão de matriz africana e afro-brasileira, de instrumentos de sopro e cânticos, a Orquestra trouxe à tona uma experimentação nova na música brasileira.
Mestre Capiba
Raphael Rabello, considerado o Mozart do Chorinho, toca Mestre Capiba, em suas palavras o Caymmi de Pernambuco. Nascido em 1904, Capiba se tornou o maior compositor de frevos-canção, alguns dos quais resgatados neste álbum que também reúne nomes importantes da MPB, desde Gal Costa, Bethânia, Chico e Caetano até Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Paulinho da Viola e João Bosco.
A Lenda do Caboclo
A Lenda do Caboclo é uma música composta para piano em 1920 pelo maestro brasileiro Heitor Villa-Lobos. Principal referência da música clássica brasileira, Villa-Lobos é associado ao movimento modernista de 1922. Sua obra recolhe características de culturas regionais, assim como elementos de canções populares e indígenas.
Pinturas
Jean-Michel veio da parte underground de Nova Iorque, onde era conhecido como o grafiteiro SAMO, cujas tags carregavam sempre um cunho político-poético. Sua obra contém representações quase sempre figurativas de ordem social, tendo herdado muitos elementos de arte de povos indígenas e do graffiti, que ainda era algo que insurgia no mercado de arte norte-americano.
Collin Walcott, Don Cherry & Naná Vasconcelos
Codona foi um grupo formado pelos multi-intrumentalistas Collin Walcott, Don Cherry e Naná Vasconcelos. O nome do trio deriva das duas letras iniciais de cada componente. O grupo lançou três álbuns homônimos, entre 1978 e 1983.
Capoeira de Besouro
Capoeira de Besouro é um álbum de Paulo César Pinheiro, dedicado a maior lenda da capoeira, Besouro de Mangangá. Fruto de uma pesquisa mais antiga, as músicas foram compostas para o musical "Besouro Cordão de Ouro" de 2006 e em 2010 foram lançadas como álbum.
Eu carrego um Sertão dentro de mim
Documentário inspirado em uma entrevista de João Guimarães Rosa, a biografia do escritor se confunde com um universo povoado por cantores, jagunços, coronéis e artesãos. Em vez de explicar as imagens do sertão nordestino, a voz do narrador, como a obra de Guimarães Rosa, indica veredas que atravessam e transcendem a geografia local.
Cantos de Trabalho
Cantos de Trabalho é uma trilogia de Leon Hirszman, formada por Mutirão, Cacau e Cana-de-açúcar, três documentários de curta-metragem que registram as cantorias dos trabalhadores na zona rural do Nordeste. Entre 1974 e 1976, tendo em vista o desaparecimento dessa tradição, Hirszman fez esses registros buscando preservar essa expressão do trabalho coletivo.
Krishnanda
Clássico desconhecido da música brasileira, Krishnanda é o único álbum autoral do percursionista Pedro Santos, também conhecido como Pedro Sorongo, que tocou com artistas como Baden Powell, Elis Regina, Elza Soares e Clara Nunes.
Pinturas
Por conta de suas pinceladas ousadas e agressivas, junto com as escolhas de cores fortes presentes em seus trabalhos tardios, Paula Modersohn-Becker frequentemente é vista como a pioneira do Expressionismo Alemão. No entanto, suas obras produzidas enquanto estava em Paris mostram uma forte afinidade com outros movimentos de vanguarda europeus, em particular o Fauvinismo e o Primitivismo.
Objetos
Antes de fazer seus mais celebrados trabalhos de objetos hiper-realistas, o artista americano Robert Gober já tinha atingido um certo nível de reconhecimento na cena da arte contemporânea americana. Seus primeiros trabalhos consistiam em objetos do dia-a-dia transformados a partir de outro ponto de vista – ou reduzidos, ou com complicações neo-surrealistas.
Desenhos de Bruno Schulz
Atualmente o nome de Bruno Schulz está mais associado à literatura do que à outra arte pela qual ele era inteiramente dedicado. O judeu polonês, morto na Segunda Guerra Mundial por um oficial nazista, era um proeminente desenhista.
Carinhoso
O violonista Lula Galvão já se apresentou com Edu Lobo, Caetano Veloso, Guinga e Rosa Passos. Sua interpretação de Carinhoso conta com a riqueza harmônica, suavidade, rigor e inteligência ímpar do instrumentista.
Storyboards
Fruto de uma riqueza criativa inestimável, os storyboards do famoso cineasta japonês refletem com a mesma intensidade a beleza sensível das cenas de seus filmes. Kurosawa, a princípio, tentou entrar no mundo da arte de maneira plástica.
Arte argentina na ditadura
Tucuman Arde foi um evento organizado em 1968 por artistas argentinos nas cidades Rosário e Buenos Aires. Em Rosário durou uma semana e em Buenos Aires foi fechada no mesmo dia de sua inauguração. Tratava-se de uma exposição bienal que reunia documentos e imagens produzidos na província de Tucuman, onde a pobreza era crescente, além de trabalhos de cunho político e contestatório ao regime ditatorial e ao neoliberalismo.
Cantata Santa Maria de Iquique
No dia 21 de dezembro de 1907, o exército do governo chileno ordenou o massacre dos mineiros que faziam greve na cidade de Iquique. Estima-se que morreram mais de 2000 pessoas, entre elas crianças e mulheres. O episódio, além de ter sido intensamente encoberto pelas forças do governo...
Fotomontagens
A artista conceitual americana, Barbara Kruger, nasceu em Nova Jersey em 1945. Saiu de sua cidade natal em busca de estudos sobre design gráfico e poesia, artes que sempre lhe interessaram. Suas obras mais famosas surgiram a partir dos anos 80, quando Kruger aperfeiçoou seu estilo característico...
Sobre a Comédia
Fazendo parte do aparato crítico a um ensaio do critico literário italiano Walter Siti, o vigésimo segundo capitulo do texto Sobre a Comédia de Pierre Nicole ilustra de forma concisa como os romances eram vistos pela sociedade do século XVII.
Obras e Fotografias
Camille Claudel (1864-1943) foi uma escultura francesa geralmente ligada à figura do escultor Rodin, seu mentor e amante. Tida como figura de segundo plano por muito tempo, a história de Camille foi resgatada nos últimos tempos como forma de fazer justiça à sua obra de maneira independente à de Rodin. Depois de terem vivido um […]
“Assanhado” de Jacob do Bandolim
Criado em 1979 pelos músicos Celsinho Silva (percursão), Mário Séve (sax e flauta), Papito (baixo), Rodrigo Lessa (bandolim e bandarra) e Rogério Souza (violão), Nó em Pingo D'água é uma conjunto musical instrumental brasileiro de choro e samba. No ano de 1990 o grupo prestou reverência a Jacob do Bandolim gravando um CD só com composições do mestre.
Tristeza
Tristeza é a música de abertura do álbum de 1966, Tristeza on Guitar, de Baden Powell. O disco se tornou um sucesso internacional, o que culminou com a abertura de oportunidades para Baden Powell de gravar e fazer concertos no exterior, principalmente na Europa e Japão.
Brasil
Curta-metragem de 1981, escrito, dirigido e produzido pelo cineasta Rogeério Sganzerla, em razão à comemoração do décimo disco no cinquentenário do nascimento de João Gilberto. A trilha, que vem do álbum com o mesmo título do filme e tem coparticipação de Caetano Veloso, Maria Bethania e Gilberto Gil, serve como apoio à composição de imagens.
20 Palavras ao Redor do Sol
Primeiro LP solo da cantora e compositora paraibana, Cátia de França, "20 Palavras ao Redor do Sol" foi lançado em 1979 com músicas compostas sobre poemas de João Cabral de Melo Neto.
Fábulas
Augusto Monterroso foi um escritor latino­americano de origem hondurenha. Fez parte do grupo de autores sul­americanos conhecidos a partir do Boom Literário da década de 60 e 70. Por sua obra ser formada apenas por contos, não atingiu a celebridade dos outros integrantes romancistas ­como Garcia Marquez e Vargas Llosa.
Night in Tunisia
O pianista sueco Jan Johanssen (1931-1968) consagrou-se nos anos 1960 por assimilar o folclore europeu ao jazz. Seu primeiro álbum solo “8 Bitar Johansson” conta com uma interpretação do clássico ‘Night in Tunisia’. Morreu aos trinta e sete anos em um acidente de carro a caminho de um concerto.
O Poeta do Castelo
"O Poeta do Castelo" é um curta-metragem de Joaquim Pedro de Andrade, um dos principais cineastas do cinema brasileiro, que nesse filme acompanha um dia de Manuel Bandeira.
A Sequência da Flor de Papel
A Sequência da Flor de Papel é um curta-metragem de Pier Paolo Pasolini, que integra o longa "Amor e Raiva". Além deste, o filme, que trabalha com parábolas do Evangelho, reúne também episódios de Bernardo Bertolucci, Jean Luc-Godard, Marco Bellocchio e Carlo Lizzani.
Belair
Belair foi uma produtora de Rogério Sganzerla e Júlio Bressane de 1970. Nesse ano, os dois realizaram seis filmes em quatro meses e por causa deles tiveram que fugir do Brasil, devido a repressão da Ditadura Militar. Bressane e Saganzerla, autores de O Anjo Nasceu e O Bandido da Luz Vermelha, respectivamente, foram as principais figuras do Cinema Experimental no Brasil.
Lunalunarium
Lunalunarium é um livro de Mariajosé de Carvalho publicado pela Massao Ohno (editora responsável por publicar, entre outros, Roberto Piva e Claudio Willer) em 1976. A poeta, atriz, dramaturga e tradutora, que durante muito tempo foi uma intelectual importante na vida cultural brasileira, foi marginalizada já pela própria geração.
Visões da decadente URSS
Marcadas pela visão humanista, as fotografias do russo Vladimir Lagrange vão além do jornalismo. Ao capturar cenas banais da vida cotidiana, e se utilizando da ideia teorizada por Henri Cartier-Bresson do “momento decisivo,” ele conseguiu fazer transparecer o homem simples russo.
Crítica da Separação
Critica da Sepração (1961) é um "anti-filme" de Guy Debord. Filósofo francês, conhecido por sua teoria da Sociedade do Espetáculo e pela participação na Internacional Situacionista, Debord desenvolve nesse curta-metragem suas ideias. Através dele, também procura reafirmar sua posição contra o papel convencional de comunicação das artes.
Dadaísmo
Por ser a única mulher no movimento dadaísta de Berlim, Hannah Höch teve um papel importante na representação feminina na arte do ínicio do século XX. Ela também é considerada umas das criadoras da técnica de fotomontagem.
Mothlight
Feito sem câmera por um dos maiores cineastas não-narrativos do mundo, Mothlight (1963) joga com progressões a contraluz em uma radical experiência com o que há de mais básico no cinema. Brakhage traz de volta à vida folhas mortas, asas de mariposa e pedaços de grama colados diretamente na película.
Antes que eu me esqueça
“Antes que eu me esqueça” é um curta-metragem de Jairo Ferreira. Foi filmado em 1977, no lançamento do livro de mesmo nome de Roberto Bicelli. O poeta fazia parte, junto com nomes como Claudio Willer e Roberto Piva, do grupo surrealista de São Paulo.
Black Alien & Speed
Black Alien & Speed foi uma dupla de rap dos anos 90 e início dos anos 2000, ambos “originais” de Niterói. Em 1993, por convite de Speed, Black Alien se juntou a ele e DJ Rodrigues sob o nome de Speedfreaks. Mas só a partir de 1998, quando se tornaram Black Alien & Speed, que foram mais ativos. Suas músicas abordam diferentes assuntos e trazem rimas carregadas de referências.
Maranhão 66
O documentário tinha como objetivo a filmagem da posse ao cargo de governador do Maranhão. Sarney, o candidato vencedor, encomendou a Glauber o que pensava ser um filme de sua consagração. Porém, o material final não agradou a Sarney e o curta nunca saiu pras telas.
Pinturas
Fernando Botero é um pintor colombiano nascido em 1932. Estudou arte na Espanha onde se demonstrou muito interessado na pintura latino-americana, acima de tudo na do mexicano Diego Riviera. As pinturas de Botero são facilmente reconhecíveis pela forma arredondada que o artista dá às suas figuras.
Caramujo-flor
Caramujo-flor é um curta-metragem de Joel Pizzini, inspirado no poeta Manoel de Barros. Cineasta brasileiro com uma carreira de documentários premiados, entre eles Mr. Sganzerla – Os Signos da Luz (2012) e 500 Almas (2005), Pizzini trabalha nesse curta entre o documentário e o experimental. Além disso, tem uma forte poesia visual, recriando o universo poético do autor.
Ölfusá River #1- Islândia 2012
Manufactured Landscapes acompanha em filme as fotografias de Edward Burtynsky, conhecido por retratar paisagens violentamente modificadas pela ação humana. O ideal de que a natureza foi feita para o homem dominá-la vem produzindo desastres ecológicos cada vez mais visíveis. Neste documentário de Jennifer Baichwal, as imagens do fotógrafo são potencializadas...
Maureen Bisilliat e o Xingu
Fotógrafa inglesa naturalizada brasileira, Maureen Bisilliat é referência para a iconografia do Xingu. Foi a pedido de Orlando Villas Boas (depois de ter conhecido suas fotos inspiradas na literatura de Guimarães Rosa) que Maureen visitou o Parque em 1973, rendendo a série de fotos intitulada “Cenas do dia-a-dia” de 1975, e dela vemos algumas fotos […]
Valley Curtain
No verão de 1970, Christo e Jeanne-Claude, um casal de artistas nascidos respectivamente na Bulgária e Marrocos, produziram uma obra de arte conceitual que se consistia em uma cortina gigante, laranja-avermelhada dividindo um vale no Colorado, EUA. Valley Curtain foi exposta somente por dois dias. A obra, particularmente cara, causou problemas financeiros aos dois, e […]
Vers Nancy
Uma das principais cineastas da França contemporânea, Claire Denis nasceu em Paris mas foi criada até a adolescência em diversas colônias na África. Seus filmes têm como temática principal a relação com o estranho, seja ele estrangeiro ou outro alguém às margens da sociedade.
Dança Serpentina, Cinematógrafo e Sigur Rós
Já em 1896, os movimentos de serpentina capturados pelo cinematógrafo dos irmãos Lumière encantavam com a singela beleza de suas imagens. Colorizados quadro a quadro, a inovadora dança de Loie Fuller ganha ainda maior expressividade ao ser combinada, mais de um século depois, com o pós-rock da banda islandesa Sigur Rós.
A Vida na Grande Cidade
Will Eisner (1917-2005) é um dos maiores quadrinistas de todos os tempos, dando nome, inclusive, ao principal prêmio desta arte. Acompanhou o nascimento da indústria dos quadrinhos e em 1940 criou The Spirit, uma série com um super-herói que se tornou seu personagem mais famoso.
Playtime
Playtime é uma música de 1999 gravada em uma parceria entre a banda de ska nova-iorquina The Rocksteady 7 e Dave Hillyard para a coletânea da gravadora Hellcat Records.
Mário Cravo Neto – Fotografias
Fotógrafo brasileiro e filho do escultor Mário Cravo Junior, dedicou-se à temática religiosa do candomblé na Bahia, dentre outras coisas. Sua obra dialoga muito com a antropologia e, no entanto, seu caráter documental é transbordado por uma atmosfera mística e ritualística da própria imagem.
Documentário
Rogério Sganzerla (1946-2004) foi um dos grandes cineastas brasileiros. Documentário, de 1966, é seu primeiro filme. O curta-metragem, considerado por muitos como uma espécie de “embrião” estético do diretor, retrata a conversa de dois jovens que tentam escolher um filme para assistir numa tarde paulistana.
Polaróides
Uma seleção das fotografias polaróides do diretor russo Andrei Tarkovsky (1932-1986). Tiradas principalmente entre os anos de 1979 e 1984, elas cobrem o período final da vida do cineasta, quando foi exilado da União Soviética e passou a viver entre Itália e Suécia, onde também gravou seus dois últimos filmes. As fotos demonstram a imensa […]