instantâneos

A arquitetura de Lina Bo Bardi

Lina Bo Bardi foi uma arquiteta modernista italiana, conhecida por seus trabalhos no Brasil, dentre os mais icônicos: o projeto da sede do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o Sesc Pompéia, grandes referências para a arquitetura moderna do final do século XX.

Casada com Pietro Maria Bardi, vem para o Brasil em 1946 fugindo dos traumas da guerra, onde são convidados por Assis Chateaubriand para tomar a frente do Museu de Arte de São Paulo, ele para fundar e dirigir e ela para projetar a sede. Em 1951, constrói a Casa de Vidro, residência do casal no bairro do Morumbi, em que harmoniza o espaço em declive com a casa, supertando-a por pilotis. Atua como docente na FAU-USP enquanto projeta a sede do MASP, sua segunda sede na Av. Paulista, apenas inaugurada em 1968. Neste período, decide ir à Salvador, a fim de se aproximar das “raízes brasileiras”, momento que a aproximou da cultura popular e também dirigiu o Museu de Arte Popular da Bahia. Sua volta à capital de São Paulo, agora tomada por referências populares, transforma parte de seu projeto. O Masp é inaugurado com um vão livre de 70 metros, solução funcional que também opera como forma de integrar e permitir a apropriação do prédio pelas pessoas. Além disso, ficou conhecido pela inovadora expografia, também coordenada por Lina, na qual pinturas eram expostas em cavaletes de vidro, espalhados pelo piso térreo do Museu (o afastamento de Pietro Bardi do MASP, em 1996, fez com que os cavaletes fossem substituídos por painéis mais convencionais).

Já na década de 70, transforma a antiga fábrica de tambores de Pompéia em um centro cultural, o Sesc Pompéia, num projeto total que levou em conta o logotipo, os uniformes dos funcionários e o mobiliário, por exemplo. Diferente de muitos projetos de arquitetura, o projeto de Lina partia do uso cotidiano que as pessoas já faziam daquele lugar.

Lina é responsável por produzir uma arquitetura híbrida, já distante da autonomia modernista da primeira metade do século, dialogando constantemente com outras atividades, como o design, a curadoria e a museologia. Seu trabalho foi fruto de sua imensa admiração pela cultura popular, que lhe exerceu forte influência.

masp construção

MASP durante sua construção.

 

lina durante a construcao do masp

Lina durante a construção do MASP.

 

croqui do masp

Croqui do MASP.

 

modo de exposição lina

Modelo expográfico de Lina Bo Bardi, no piso térreo do MASP.

 

casa de vidro 1951 1

Casa de Vidro, 1951. Foto: Peter C. Scheier

 

P003CEM1271499-24A

Casa de Vidro, 1951. Foto: Chico Albuquerque

 

sesc 1977 lina

Sesc Pompéia, projeto de 1977.

 

sesc2

Sesc Pompéia, inaugurado em 1982.

 

sesc 3 pedrokok

Sesc Pompéia, foto de Pedro Kok.

 

teatro_croqui_instituto_lina_bo_e_p.m.bardi_foto_henrique_luz_0_32_4167_2728

Croqui do teatro do Sesc Pompéia.

 

carrinhos_alimentacao_inst._lina_bo_e_p.m.bardi_foto_henrique_luz_1977_6_135_3923_2566

Croqui para carrinhos de alimentação do Sesc Pompéia.

 

buracos para ventilação

Buracos para ventilação interna do Sesc Pompeia.

 
 

…………………….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s