cinema / instantâneos

Chantal Akerman – Saute ma ville

Primeiro filme de Chantal Akerman, Saute ma ville foi dirigido em 1968, quando a cineasta tinha apenas 18 anos de idade. A jovem personagem do curta – representada pela própria Akerman – responde ao absurdo do trivial de ser confinada num simbólico espaço doméstico. Prelúdio de Jeanne Dielman (1975), sua obra-prima de três horas e meia, em Saute ma ville os rituais cotidianos também se estendem como em tempo real. Mas apesar das semelhanças, há um claro contraste entre a anáquica fluidez do curta-metragem com os planos estáticos que tornaram Akerman conhecida pelo seu extremo rigor formal.

Saute ma vile
1968, 13min, p&b
Direção: Chantal Akerman

 

…………………….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *