fotografia/instantâneos

Maureen Bisilliat e o Xingu

Fotógrafa inglesa naturalizada brasileira, Maureen Bisilliat é referência para a iconografia do Xingu. Foi a pedido de Orlando Villas Boas (depois de ter conhecido suas fotos inspiradas na literatura de Guimarães Rosa) que Maureen visitou o Parque em 1973, rendendo a série de fotos intitulada “Cenas do dia-a-dia” de 1975, e dela vemos algumas fotos a seguir. Predomina em sua fotografia o caráter expressivo de cuidado plástico e formal, a atenção às cores e ornamentos marcantes do Xingu e o sentido cênico e ritual da vida indígena.

A fotógrafa, a convite de Darcy Ribeiro em 1988, foi personagem importante na formação do acervo de arte popular da Fundação Memorial da América Latina, em São Paulo.

Seu acervo integral faz parte hoje da coleção do Instituto Moreira Salles.

 

1

 

2

 

4

 

3

 

7

 

5

 

8

 

9

 

6

 

10

 


Confira também:

Mário Cravo Neto – Fotografias
Sobre a arte sem nome
ou tua forma


 

…………………….

Um pensamento sobre “Maureen Bisilliat e o Xingu

  1. Minha amiga Maureen Biisiliat, fotografias que conta uma história cultural Africana dos rituais da Umbanda , do Candomblé. e outras situações misticas tambem. Tive o prazer de fazer centenas de ampliações fotográficas para esta grande Fotógrafa.

    Miquéias Porfirio da Silva. ( MIKE. ).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s