#22 Edição/poesia

O fogo

no retorno à linguagem primitiva

o poeta faz a condição:
maneja a alquimia
conhece os mistérios das plantas
a eficácia da magia.

rende-se sem medo a possessão
e se irmana ao êxtase do Absoluto
& se submete com resignação

dia após dia
a tecer o Amanhã
(seu ofício é erguer montanhas)
na fogueira da poesia.

o poeta é um planeta
em constante colisão com o sol.

Rodolfo Teixeira, setembro 2015

 

…………………….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s