#3 Edição

Curou

Curou

Conto de João Curamonge

Curou.  Principalmente na batata.  É, mais ou menos.  Tem dado umas fisgadas mas por enquanto tá tudo bem.  Não, não.  Isso.  Só fui uma vez só.  Nada de incrível.  É.  Mas foi tranqüilo, o hospital que demorou um pouco, mas de resto foi tranqüilo, o doutor, é, o nome dele era Ignácio José.  Ele veio dando uns tapas pra ver se tinha fraturado, coisa de louco.

Continue reading »

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural
#1 Edição / literatura / poesia

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural

geração mimeógrafo e poetas de centro cultural

ensaio de João Curamonge

há uma figura bem conhecida dos frequentadores de cinemas, museus e centros culturais: os poetas que oferecem suas zines pelo preço que você mesmo sugere. “poesia, jovem?”, “quer poesia?” ou, a minha preferida, “você gosta de poesia?”, são algumas das frases que esses jovens (às vezes nem tão jovens assim) usam para se aproximar dos transeuntes.

Continue reading »