#4 Edição/poesia

subte

subtamente digo: subte
e me entrego às profundezas
do subsolo: grafitado
o traço é vivo
em movimento: grito
pelos túneis aprofundados
espaço ativo
nomes não esquecidos
resistência: lembrança: atos
em superfície de praça,
símbolo.

(Buenos Aires, setembro 2013)

Luís Octávio G., março 2014

 

…………………….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s