/ série / / poesia

Poemas para o nosso tempo

I Tarefa – Geir Campos
II Eu-mulher – Conceição Evaristo
III De grossos muros – Hilda Hilst
IV O BICHO – Edimilson de Almeida Pereira
V Tecendo a manhã – João Cabral de Melo Neto
VI Oxum – Ricardo Aleixo
VII Poemas aos homens do nosso tempo – Hilda Hilst
VIII Iniciação – Orides Fontela
IX Lugar de corpo – Stela do Patrocínio
X Abertura – Mário Chaime
XI Especulações em torno da palavra homem – Carlos Drummond de Andrade
XII Mulher depressa – Angélica Freitas
XIII Estirpe – Fabio Weintraub
XIV Ludismo – Orides Fontela
XV Tu místico – Alberto Caeiro
XVI Mulher Barriguda – Solano Trindade
XVII O Cacto – Manuel Bandeira
XVIII A Piedade – Roberto Piva
XIX Como se te perdesse – Hilda Hilst
XX Jesus Chorou – Mano Brown
XXI Os acontecimento e os dizeres – Adélia Prado
XXII A possibilidade do silêncio – Guilherme Mandaro
XXIII Cidade prevista – Carlos Drummond de Andrade
XXIV Poema – Orides Fontela
XXV Lamento do pajé Urubu-Kaapor – Roberto Piva
XXVI Árvore – Manoel de Barros