Entre Gota e Gole
corpo

Entre Gota e Gole

Entre Gota e Gole

texto e video de Beatriz Alves e Lívia Abreu
 
Quando temos sede e vemos uma gota, pode dar vontade de tomá-la. Mas até a ação de engolir acontecer, diversos movimentos surgem. A espera, o quase, a pausa, o passo, a abertura da mandíbula, o peso da gota caindo no ar.

Para termos o começo e o fim, muitos fins aconteceram no meio, e este processo de criação surgiu a partir da investigação do que está “entre”. No “entre” encontramos o que não chegou, o que não tem forma e o que não tem nome. Continue reading »

literatura

à procura de entrelinha

à procura de entrelinha

Por Ana Calenzo

 

Quando isso a que chamo de desejo de escrita anunciava-se em mim, antigamente, é o que vou começar a tentar dizer. Destino infalível de mim, quase mulher que inspira ar de delírio enquanto minhas narinas encontram-se irritadas com tanto tabaco que ando a consumir nesses dias descontentes de calor e pouca fruição. A vida toda parece ter repulsa de minha neurose anormal, patológica, ela diria, porque é de pathos que ela diz que eu ando a me alimentar – seiva retirada do osso petrificado do tempo, ruína do prazer inútil. A questão da salvação sempre se coloca e só, ou então, veja-se, ou se veja, só o que vou te dizer, pois escuta e, assim, a imagem aparece.

Continue reading »

poesia

Trava-língua

Trava-língua

Por Gabi Gabiroba

 

1.

you know what i’ve learned from you?
sabe o que eu aprendi com você? not to say more than you have to. não dizer mais do que seja realmente necessário pra si. i’ve learned about art. eu aprendi sobre arte. as a state of stuff. como um estado das coisas. como uma presença moldável mas não óbvia. not so deep. as something to digest but also enjoy as a joke.

um homem de pé num fundo branco, você ri das descrições explicativas, eu rio junto. were you laughing alone ? Continue reading »