Além da visualidade: entrevista com Jaider Esbell
entrevista

Além da visualidade: entrevista com Jaider Esbell

Além da visualidade

entrevista com Jaider Esbell

 

Inserção e arte indígena contemporânea estão mesmo juntos, mas busco deslocá-lo para o recorte espacial do termo enquanto origem e fluxo, logo, busco vê-los no grande mundo compondo o desfio de fazer-se pleno em sua intenção maior e mais urgente. Dar vazão ao existir pleno dos seus artistas eis a arte indígena contemporânea que não é sem uma base, um compromisso, um pertencer em duas frentes com o povo. Continue reading »