poesia

POEMAS PARA O NOSSO TEMPO XVII

Mulher barriguda

Mulher barriguda
Que vai ter menino
Qual é o destino
Que ele vai ter?
Que será ele
Quando crescer?

Haverá ‘inda guerra?
Tomara que não
Mulher barriguda
Tomara que não…

Solano Trindade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s