Guy Debord – Crítica da Separação
instantâneos / pensamento

Guy Debord – Crítica da Separação

Critica da Sepração (1961) é um “anti-filme” de Guy Debord. Filósofo francês, conhecido por sua teoria da Sociedade do Espetáculo e pela participação na Internacional Situacionista, Debord desenvolve nesse curta-metragem suas ideias. Através dele, também procura reafirmar sua posição contra o papel convencional de comunicação das artes. Continue reading »

Santiago: dois filmes em um
#10 Edição / cinema

Santiago: dois filmes em um

Texto de Vitor Faria sobre o filme de João Moreira Salles.
“Tudo evidencia essa preocupação que dominava a cabeça do diretor e que o fez esquecer da pessoa-Santiago, que estava ali. Absorto em suas preocupações estéticas, o cineasta (ou documentarista, como ele prefere se chamar) parece ter esquecido que o filme era sobre uma pessoa e era nela que ele devia se concentrar.” Continue reading »