Will Eisner – A Vida na Grande Cidade
artes visuais/instantâneos

Will Eisner – A Vida na Grande Cidade

Will Eisner (1917-2005) é um dos maiores quadrinistas de todos os tempos, dando nome, inclusive, ao principal prêmio desta arte. Acompanhou o nascimento da indústria dos quadrinhos e em 1940 criou The Spirit, uma série com um super-herói que se tornou seu personagem mais famoso. Em 1978, fez a graphic novel Um Contrato Com Deus, … Continuar lendo

#7 Edição/literatura

Cenas Cariocas

“Tudo parado no Catumbi. Muita luz, muita buzina, muito carro. As motos passam, as bicicletas passam e os pedestres passam. Uma tartaruga passaria. Preferi o busão hoje. Troquei a sardinha pelo linguado no vapor. Queria o cinema na janela, o banco do fundão, mas só consegui uma cadeira amarela de idoso torcendo pra que nenhum entrasse.”

Crônicas de Carlos Meijueiro sobre 2013 Continuar lendo

Lucio Fontana e o Concetto Spaziale
#7 Edição/artes visuais/tradução

Lucio Fontana e o Concetto Spaziale

Raramente o nome de um artista esteve tão ligado a uma única façanha como no caso de Lucio Fontana. Em 1949, montou um quadrado, uma folha de papel branco de um metro por um metro, sobre uma tela. Em vez de desenhar ou pintar sobre esta, Fontana perfurou a folha pela parte de trás com vários buracos concentrados ao centro e estendendo-se pela folha em padrões circulares e espirais irregulares. Continuar lendo

OV3RGOZ3
#7 Edição/artes visuais

OV3RGOZ3

“Parece pouco imaginável que a síntese vital de Le Corbusier caiba nas volutas transbordantes do corpo de Josephine Baker. E não cabe mesmo. Mas é o encontro entre essas que são duas das figuras mais icônicas do modernismo (ele na arquitetura, ela na dança) que se explora no MAR”. Uma análise da exposição Josephine Baker e Le Corbusier – um caso transatlântico – por Pollyana Quintella Continuar lendo